Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bahia domina, vence na Fonte Nova e aumenta crise no Fluminense - Ativa Natividade

Bahia domina, vence na Fonte Nova e aumenta crise no Fluminense

Equipe tricolor levou dois gols em três minutos logo na volta do segundo tempo e chegou a seis jogos sem vitória na temporada

A situação do Fluminense na temporada é cada vez mais complicada. Em partida tranquila, o Bahia dominou, venceu por 2 a 0 na Arena Fonte Nova e ampliou a crise vivida pelo apático tricolor carioca nesta reta final do ano. Os gols da partida, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, foram marcados por Zé Rafael e Edigar Junio.

Com esse resultado, o time da casa quase garante a classificação para a Copa Sul-Americana do ano que vem e chega aos 47 pontos, na 11ª posição. Já o Flu, apesar do resultado, fica ainda a quatro pontos da zona de rebaixamento, ocupando a 13ª colocação, empatado com Vasco e Ceará. Os visitantes ainda chegaram a seis jogos sem vencer e marcar gols.

Mudanças no Flu

Com três volantes como desfalque (Airton, Richard e Dodi), o técnico Marcelo Oliveira precisou retornar ao esquema do 3-5-2 com Paulo Ricardo na defesa ao lado de Gum e Digão, e utilizou o jovem Fernando Neto no meio. A maior mudança, porém, ficou no gol. Com dores no ombro, Júlio César foi cortado do gol e Rodolfo assumiu seu lugar.

Bahia melhor, mas sem gols

Na primeira etapa, o Fluminense praticamente não quis ficar com a bola no pé e deixou os adversários trabalharem. Com uma uma postura mais defensiva, os cariocas até criaram, mas nenhuma chance de perigo real, com exceção do lance logo no início em que Sornoza chegou a balançar as redes, mas Everaldo, que deu a assistência, estava impedido. O Bahia começou com um ritmo rápido, mas, mesmo quando diminuiu a velocidade, seguiu criando boas chances e parando nas ótimas defesas do goleiro Rodolfo.

Retorno avassalador

Na segunda etapa, o Bahia seguiu com a mesma postura e, enfim, chegou ao gol. Aos sete minutos, Gum saiu errado e acabou desarmado. A bola sobrou para Elton, que levantou na área. Rodolfo saiu errado e Zé Rafael se antecipou para cabecear no fundo da rede. Três minutos depois, a defesa bateu cabeça mais uma vez quando Paulo Ricardo recuou errado para o goleiro, e Edigar Junio aproveitou para ampliar.

Dificuldade no ataque

Os problemas do Fluminense para atacar foram ainda mais fortes do que nas últimas partidas. Isso porque o goleiro Douglas praticamente não precisou trabalhar. No sexto jogo consecutivo sem marcar gols, o Tricolor igualou o jejum de 1971, única vez que passou esse tempo sem balançar as redes no Brasileirão. A equipe de Marcelo Oliveira, apesar das mudanças promovidas na segunda etapa, ficou entregue e assistindo ao Bahia jogar.

E a próxima rodada?

No penúltimo desafio das equipes no Brasileirão, o Fluminense terá um complicado confronto contra o Internacional no Beira Rio, no próximo domingo. No mesmo dia, o Bahia visita o América-MG em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2X0 FLUMINENSE

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data/Hora: 22/11/2018, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP/CBF)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP/CBF) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público/Renda: 16.437 pagantes / 16.479 presentes / R$ 306.198,00
Cartões amarelos: Elton, Tiago (BAH); Everaldo (FLU)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Zé Rafael (7’/2ºT) e Edigar Junio (10’/2ºT)

BAHIA: Douglas Friedrich; Bruno (Flavio – 29’/2ºT), Tiago, Lucas Fonseca, Paulinho; Elton, Gregore, Elber (Clayton – 38’/1ºT), Ramires, Zé Rafael; Edigar Junio (Gilberto -23’/2ºT) T: Enderson Moreira

FLUMINENSE: Rodolfo, Gum (Marcos Junior – 21/2ºT), Paulo Ricardo, Digão; Léo, Jadson, Fernando Neto (Igor Julião – 35’/2ºT), Sornoza (Junior Dutra – 45’/2ºT), Ayrton Lucas; Everaldo, Luciano T: Marcelo Oliveira

Da redação da Rádio Ativa 97.7 FM

 

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Todos os direitos reservados © Web Rádio administrável